Quarta-feira
13 de Novembro de 2019 - 
Atendimento 24 horas em todo o estado do Rio de Janeiro

Justiça determina internação no Degase de adolescente que matou cabo reformado da PM em assalto a ônibus

A juíza Vanessa Cavalieri, titular da Vara da Infância e da Juventude da Capital, determinou, em audiência realizada nesta quarta-feira (16/10), a internação, em uma unidade do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase), do adolescente envolvido na morte do cabo reformado da Polícia Militar Silvio Moreira da Silva, durante assalto a um ônibus na noite de 18 de setembro, no bairro do Rocha, Zona Norte do Rio. O militar estava no ônibus da linha 247 (Camarista Méier - Centro) quando o adolescente, de 15 anos, e o comparsa Maicon Regheti Pinto da Silva, de 22 anos, anunciaram o assalto. Silvio reagiu e entrou em luta corporal com o adolescente, mas acabou esfaqueado. Ele foi levado ao Hospital Souza Aguiar, mas não resistiu ao ferimento. Há cerca de um mês e meio, o adolescente, que cumpria medida socioeducativa em unidade do Degase, passou a cumprir internação domiciliar. A mudança do regime foi em razão da decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, que determinou que adolescentes internados em unidades para menores infratores com superlotação deveriam ser transferidos para outras unidades ou cumprir a medida em casa. A juíza determinou, ainda, o encaminhamento de sua decisão para o STF, para ciência do ministro Edson Fachin.
16/10/2019 (00:00)

Notícias

Cadastre-se

E acompanhe todas as novidades do nosso Escritório

Contate-nos

Advogado Criminal Rio RJ  2029657
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.